Home Página Inicial > Notícias > TRENSURB RESTABELECE SINALIZAÇÃO NO TRECHO ENTRE ESTAÇÕES UNISINOS E SANTO AFONSO

TRENSURB RESTABELECE SINALIZAÇÃO NO TRECHO ENTRE ESTAÇÕES UNISINOS E SANTO AFONSO

17.11.2021

Foi concluída em outubro a reposição de cabos de sinalização de via que foram alvo de furtos ao longo dos últimos meses.

Em outubro, a Trensurb concluiu o restabelecimento de sua sinalização de via no trecho entre as estações Unisinos e Santo Afonso, alvo de frequentes furtos de cabos nos últimos meses. Somente em julho e agosto, foram 4 mil metros de cabos furtados – cuja reposição foi concluída no mês passado. Isso representa um prejuízo estimado em R$ 770 mil ao longo desses dois meses, considerando-se os custos de material e mão de obra.
 
“Os furtos de cabos geram sérios transtornos operacionais como atrasos e perdas de viagens, gerando impactos significativos ao usuário”, afirma o diretor de Operações da Trensurb, Luis Eduardo Fidell. É o sistema de sinalização que garante a segurança no metrô, impedindo que os trens se aproximem uns dos outros e que ultrapassem a velocidade máxima de cada trecho. Por isso, com esse sistema avariado ou inoperante, prezando sempre pela segurança dos usuários, a Trensurb opera com velocidade reduzida nos trechos afetados.
 
“Em função da grande extensão dos furtos e com a necessidade de restabelecer a condição de segurança projetada para operar os nossos trens, os colegas da manutenção empreenderam muito esforço para, em condições de trabalho totalmente adversas, recuperar o sistema de sinalização”, relata Fidell. Para o diretor, “foi gratificante ver o engajamento de todas as equipes de manutenção e operação em um esforço único, objetivando o restabelecimento das condições de segurança”. Com a reposição dos cabos e o restabelecimento da sinalização, os trens estão aptos a circular com velocidade normal pela via.
 
O trabalho de reposição de cabos no trecho foi realizado em três etapas: a primeira, de 27 a 29 de agosto; a segunda, de 1º a 3 de outubro; a última, de 21 a 24 de outubro. Nos intervalos entre as etapas também foram executadas atividades correlacionadas, como emendas de cabos, medições e fechamento das canaletas para evitar novos furtos. Esse tipo de trabalho é realizado normalmente à noite, quando os trens não estão circulando. Para evitar danos à rede de fibra ótica, a colocação dos cabos nas canaletas foi realizada manualmente, exigindo considerável esforço físico. “Exigiu muito esforço, dedicação e comprometimento de toda equipe envolvida”, afirma um dos coordenadores da atividade, o técnico em eletrônica Júlio César Castro, do Setor de Sinalização da Trensurb.
 
Foto: Divulgação/Trensurb

Compartilhe     

OUTRAS NOTÍCIAS
paginas_noticias_detalhes.php?codigo_sitemap=5929&sitemapPage=323456de 543paginas_noticias_detalhes.php?codigo_sitemap=5929&sitemapPage=5

Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre S.A. | Av. Ernesto Neugebauer 1985, - Humaitá - Porto Alegre - RS - Brasil - CEP 90250-140 | Fone: +55 51 3363 8000